Misturação
by Walter Franco

Mixturação
Walter Franco
(Walter Franco)
O raciocínio
lento
o poço
o pensamento
o olho
o oríficio
o passo
o, precipicio

Eu quero
que esse
teto caia
eu quero
que esse
afeto saia

Em vermelho
natural
no rosto
e no lençol
com gosto
de água
e sal
misturando
o bem
e o mal…

2 days ago · 68 plays · 5 notes

Vento bravo
by Edu Lobo e Metropole Orkest

Vento bravo
Edu Lobo e Metropole Orkest

(Edu Lobo / Paulo César Pinheiro)

Era um cerco bravo, era um palmeiral, 
Limite do escravo entre o bem e o mal 
Era a lei da coroa imperial 
Calmaria negra de pantanal 
Mas o vento vira e do vendaval 
Surge o vento bravo, o vento bravo 

Era argola, ferro, chibata e pau 
Era a morte, o medo, o rancor e o mal 
Era a lei da Coroa Imperial 
Calmaria negra de pantanal 
Mas o tempo muda e do temporal 
Surge o vento bravo, o vento bravo 

Como um sangue novo 
Como um grito no ar 
Correnteza de rio 
Que não vai se acalmar 
Se acalmar 

Vento virador no clarão do mar 
Vem sem raça e cor, quem viver verá 
Vindo a viração vai se anunciar 
Na sua voragem, quem vai ficar 
Quando a palma verde se avermelhar 
É o vento bravo 
O vento bravo 

Como um sangue novo 
Como um grito no ar 
Correnteza de rio 
Que não vai se acalmar 

3 days ago · 56 plays · 7 notes

Amava, morreu
by O Padre dos Balões

Amava, morreu
O Padre dos Balões

(Bruno Nadkarni / Cadu Marconi / Pedro Pajé / Renato Frias)

A mulher que eu amava morreu
Amava, morreu
Amava, morreu

Eu vou escrever o teu nome
num papelote de cocaína
Eu não vou escrever um samba
Eu não vou chorar por uma semana

1 week ago · 116 plays · 12 notes

Se o mundo acabasse em mel
by Di Melo

Se o mundo acabasse em mel
Di Melo

(Di Melo)

Entrou em choque publicitário
Foi forte a queda do seu império
É golpe duro pra milionário
Com honorários tornar-se servo
Deu pane no nervo do cérebro
Taquicardia e revertério
Momentos trágicos, instantes sórdidos
Tombou perplexo em pleno lobby
Ah, ele que dizia que queria morrer doce quando o mundo acabasse em mel

1 month ago · 171 plays · 3 notes

Lindo lago do amor
by Tim Maia

Lindo lago do amor
Tim Maia

(Gonzaguinha)

E bem que viu o bem-te-vi
A sabiá sabia já
A lua só olhou pro sol
A chuva abençoou

O vento diz ele é feliz
A águia quis saber
Por que, pourque, porquois será?
O sapo entregou

Ele tomou um banho d’água fresca
No lindo lago do amor
Maravilhosamente clara água
No lindo lago do amor

1 month ago · 299 plays · 23 notes

Floresta Azul
by Leitieres Leite & Orkestra Rumpilez

Floresta azul
Letieres Leite & Orkestra Rumpilezz

(Letieres Leite)

Instrumental

1 month ago · 211 plays · 3 notes

Vc, o amor e eu
by Carlinhos Brown e Quésia Luz

Vc, o amor e eu
Carlinhos Brown e Quésia Luz

(Carlinhos Brown)

Uma saudade de nós, bateu
E o colchão desabou, sem tempo
O coração disparou, por dentro

Parei no seu movimento
Depois
Quase explodi por nós dois
Pra quê
A gente ficar de mau
Se dói, se dói
Quero aquecer, ter calor
Te ter
Sem águas que desaguou
Embora não sei

Quem de nós dois vai segurar nós três
Será que é ela, será que é o mundo

Haverão-verão-verão verões
Haverão-verão-verão verão nós
Haverão-verão-verão verões
Haverão-verão-verão verão

Se é amor verdadeiro
Tem chance
Por existir natural
Romance
Que o tempo não metralhou
Foi bom
Foi beijos que desarmou
Fiquei

Quem de nós dois vai segurar nós três
Será que é ela, será que é o mundo

Haverão-verão-verão verões
Haverão-verão-verão verão nós
Haverão-verão-verão verões
Haverão-verão-verão verão

Venha ver o sol
E o que é seu
E viver o mar
Também

Oromim Má
Oromim Má
Oromim Má
Muito obrigado por você me amar

1 month ago · 199 plays · 8 notes

Velho amarelo
by Juçara Marçal

Velho amarelo
Juçara Marçal

(Rodrigo Campos)

Não diga que estamos morrendo
Hoje não
Pois tenho essa chaga comendo a razão

Um velho amarelo
Com três guerras no peito
Mirando o parabelo diz assim: 
Vai
Menina dos meus olhos
Penetre entre os olhos
Não há piedade
É só o fim 
Vai!

Quero morrer num dia breve
Quero morrer num dia azul
Quero morrer na América do Sul

1 month ago · 175 plays · 13 notes

HQ Superherói
by Valentina

HQ Superherói
Valentina

(Valentina)

Ouvi a lenda 
da moça que usava 
roupa de escritório
ninguém sabia
que `a noite ela virava 
super-herói
ela virava 
super-herói
eu aprendi 
depois que 
eu lí 
que a vida
pode ser assim
é só transformar
é só transformar

eu aprendí tudo isso 
eu aprendí tudo isso 
num hq, de super herói
num hq, de super herói
num hq, de super herói

À noite eu  visto
uma capa vermelha
pulo do teto 
vou até `a lua 
digo alô alô
celular na mao 
superherói, alô?
não tá pegando
que tal? 
A Oi não tem 
plano espacial
A Oi não tem 
plano espacial

eu aprendí tudo isso 
eu aprendí tudo isso 
num hq, de super herói
num hq, de super herói
num hq, de super herói

Meu trabalho
é voar
`a noite 
através do céu
virar uma onda 
gigante 
já estar no Japão
amanhã,
com um raio vermelho
derreter o gelo 
virar folha A4
me dobrar 
em envelope
me esconder na gaveta 
e depois 
fugir 
no avião
de papel
enganar
o espião 
do mal
e fazer de conta
que tudo que estava 
no meu coração
ia transformar o mundo
O desenho é profundo
ele faz acreditar 
que a gente pode tudo
que é só imaginar
que é só imaginar
que é só imaginar

eu aprendí tudo isso 
eu aprendí tudo isso 
num hq, de super herói
num hq, de super herói
num hq, de super herói

2 months ago · 199 plays · 7 notes

FY Brazilian Music! completou 4 anos hoje!

FY Brazilian Music! completou 4 anos hoje!

2 months ago · 3 notes · Source

Babe vou bombar
by Zulumbi

Babe vou bombar
Zulumbi

(Lúcio Maia / Rodrigo Brandão / PG)

A fita é a seguinte:

Com qualquer contato ela me deixa quente
Te falo, de fato, tem um treco entre a gente
Que ergue a gente de modo imediato
Independente de tato olfato
Mano é mó barato, só sabe quem sente
O lance é latente, liga no ato
No metrô Tiradentes ou no meio do mato
O efeito é igual, arrebatador
Bate forte, mas não causa dor
Ao contrário, é causador de muita mudança
de grande porte, pode crer, balança
Minha alma dança, seguindo seu ritmo
Cada capítulo é como o primeiro e o último
Por isso pode crer que toda vez que eu ver chegar
O dia D e a hora H

Babe eu vou bombar
Babe eu vou bombar
Babe eu vou bombar o sistema
Vou bombar o sistema com o sistema de som
Bombar o sistema eu vou

O ouvido, o amor, a paixão pela música
e pela minha gente, que é realmente única
Tô aí Davi, contra a corporação
Robocop reaça sem rosto e coração
Constante combate em ação entre amigo
tipo Itamar Assumpção e Arrigo Barnabé
Sem arrego ou abrigo
Tirando seu sossego e o joio do trigo

V de Vingança, mas sem violência
que é mesmo essencial manter minha essência
Contra-ataque coloca em coma
só com o som, quem diz que soma
mas subtrai, trai, atrai
traz pro seu lado toda sorte de safado
Agora a gente vai, vai
Em nome do Pai
Te pegar pelado, sentado no sofá
do ap alugado, a ver TV a cabo
gordo como gado, aí acabo
com seu legado, com sua raça
Cê tá ligado que essa farsa
enfim não passa batido, se disfarça
porém ninguém apaga, não há quem desfaça
Suas pala se caga e é hora de limpar
Assusta ao escutar pá pá pá pá pá

2 months ago · 119 plays · 3 notes

Reluta no Peito SP a Morrer
by Dom de Oliveira

Reluta no peito sp a morrer
Dom de Oliveira

(Dom de Oliveira)

Reluta no peito sp a morrer
pulsa no muro uma cidade a prender

no concreto sem vida
na favela ferida
toda urbe aguerrida
o tom cinza a crescer

no arraigado vazio
do coração paulistano
vitimado de medo
tão carente em bater

toda a vida se esvai
perdida em meio ao tamanho
do indiferente rebanho
da ganância

nasce do ventre um automóvel a correr
dorme ao relento um menino a temer

e quem passa
a sonhar
em sp
se acostuma
a buscar
uma vida
melhor
já sem mágoas
sem as cáries
de todo um país
tão desigual

2 months ago · 69 plays · 3 notes

A Vida É Confusão
by Nico Nicolaiewsky

A Vida é Confusão
Nico Nicolaiewsky

(Nico Nicolaiewsky)

Não sei se foi mentira o que eu falei
Não sei se foi maldade o que eu pensei
Não sei se foi por ti
Não sei se foi por mim
Não sei
Não sei

Às vezes a verdade dói demais
Às vezes a mentira faz feliz
Às vezes sou cruel
Às vezes sou bobão
Às vezes sim
Às vezes não

A vida é confusão
A vida vai seguir
Os homens vão sonhar
Os deuses vão sorrir
A vida é confusão
O mundo vai girar / Os deuses vão dançar

2 months ago · 249 plays · 16 notes

A noite de ontem nunca aconteceu
by Luciano Salvador Bahia

A noite de ontem nunca aconteceu
Luciano Salvador Bahia

(Luciano Salvador Bahia)

Baby, não vamos falar nisso
Certas noites são confidenciais
Deixe entre você e eu
Afinal de contas, a noite de ontem nunca aconteceu

Noites são dias surreais
E algumas delas são muito originais
Então morreu, entre você e eu
Afinal de contas, a noite de ontem nunca aconteceu

A sua coleção de LPs era mesmo impressionante
Ia do mais desesperado blues ao frevo mais feliz
Provando que a música é o que há para traduzir o infinito
E a vida acontece no espaço entre o punk e o samba de raiz

E aquele Tom, aquele Tim, aquele Gil, aquele fim de madrugada
E aquele beijo todo encabulado que você me deu
Mas o dia foi raiando e o nosso caso foi ficando pra depois das curvas da estrada
Afinal de contas, a noite de ontem nunca aconteceu

E o folhetim, o zeppelin, o passarin, naquele fim de madrugada
E aquele papo todo atravessado que apareceu
Mas o dia foi raiando e o nosso caso foi ficando pra depois das curvas da estrada
Afinal de contas, a noite de ontem nunca aconteceu

Pelo amor de deus, a noite de ontem nunca aconteceu
Para o bem de todos, a noite de ontem nunca aconteceu
Baby, colabore e abafe o caso

2 months ago · 129 plays · 10 notes

Diplomático
by Ze Vito

Diplomático
Zé Vito

(Zé Vito)

Tanto tato esconde, no alto o fogo tem
Diplomática, chega depois das três
Some logo antes de algo desandar
Queima minha cabeça

De noite no alto ninguém vê
E eu fico dentro, diplomático, você me lê
Por cima você vai gostar
E a pele fala e nada explica

2 months ago · 101 plays · 9 notes